sábado, novembro 06, 2010

De nada sei


Recomenda-se, de acordo com as Escrituras Sagradas, que a mulher que frequenta as praias desse nosso Brasil varonil use da mais singela discrição em seu trajar. Que não chame a atenção, pois é lícito que seu corpo, templo da mais absoluta honra e glória divinas, seja apreciado apenas pelo seu cônjuge, ainda assim com moderação e dentro dos limites da decência.

Sendo assim, a burqa rosa seria a indumentária mais apropriada para tal fim. Dessa maneira, a mulher estaria ao mesmo tempo gozando do seu direito a um lazer saudável e pleno, ao mesmo tempo em que estaria a salvo dos olhares gulosos dos surfistas locais. Pois o rosa é uma cor deveras feminina, ressaltando assim a florescência humana daquela que a traja, de igual forma denotando o respeito da mulher para com seus preceitos religiosos.

- Ohna suriandra namashivievskaia.

Emudeci, pois o moço se expressa de forma clara e concisa. Eu nada compreendi, confesso sob grave surpresa. Me veio à cabeça esse parco esboço ao ouvir em alguma rádio instruções de como uma moça religiosa deve se trajar para ir às praias. Alguns dias antes, coincidentemente, um ajuntamento de mulheres planejava, ou melhor, sussurrava, uma rápida excursão até a praia de Tambaba, na Paraíba. Já tinham quase a receita total exigida para a empreitada e a mais anciã esfregava as mãos ansiosamente à espera de tal momento.

Pois bem.

5 comentários:

Anônimo disse...

a bíblia nao diz nada disso... diz sim ter descencia, mas o resto, meu amigo... precisa ler mais um pouco da bíblia abraços

Anônimo disse...

Diga-me aonde eu fiz referência à Bíblia, ó cara pálida?

Raffab disse...

as vezes o que se encontra na página de comentários é tão divertido, rs.

Luiza Ananias disse...

Gostei de sua postagem!
Gostei de toda a página!
Abraço!

sumon tripura disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.